Pular para o conteúdo
Início » Impostos sobre compras nos Estados Unidos: Como funciona? Quanto custa?

Impostos sobre compras nos Estados Unidos: Como funciona? Quanto custa?

  • por
Impostos sobre compras nos Estados Unidos: Como funciona? Quanto custa?


Passou suas compras no caixa durante a viagem e o valor total foi maior que o esperado? Foi por causa dos impostos! Descubra como funcionam os impostos sobre compras nos Estados Unidos e pare de ser surpreendido durante as suas viagens!

Já imaginou entrar em uma loja, escolher alguns itens, calcular na sua cabeça mais ou menos quanto vai sair a compra… E na hora de passar no caixa, o valor é bem acima do esperado?

Essa situação acontece com frequência aos brasileiros que visitam os Estados Unidos para fazer compras, mas não é porque nós somos ruins de matemática. É porque o sistema de impostos sob as compras funciona de maneira diferente no país.

Enquanto no Brasil o valor de etiqueta é o valor da mercadoria acrescido já do imposto, nos EUA o acréscimo de imposto é feito apenas no caixa, na hora de pagar. Isso quer dizer que aquele Macbook Air que está no site da Apple por $999, na verdade vai ser por mais de mil dólares. E, pior, o valor ainda varia de acordo com o estado em que você está comprando!

Confuso? Então leia esse post e entenda tudo sobre como funcionam os impostos de compras nos Estados Unidos, quanto você vai pagar a mais em cada estado, e se é possível conseguir uma isenção desses impostos por ser turista.

Como funcionam os impostos de compras nos Estados Unidos?

No Brasil, os impostos são embutidos no preço de etiqueta dos produtos, o que significa que o valor que você vê é o valor final que pagará na hora da compra. 

Já nos Estados Unidos, os impostos são adicionados ao total da compra no momento do pagamento, o que pode resultar em um valor final diferente do que você espera. Além disso, o valor dos impostos não é fixo, e pode variar de estado para estado e ainda de cidade para cidade. 

Isso quer dizer que, se você for visitar vários destinos durante a sua viagem, pode ser que seja mais interessante fazer compras naquele que tem os impostos mais baratos. Se for comprar itens baratos essa variação pode não fazer muita diferença, mas para quem quer comprar eletrônicos ou peças de luxo, por exemplo, pode significar uma grande economia.

Qual o valor dos impostos nos principais destinos americanos?

Entre os principais destinos visitados pelos brasileiros nos Estados Unidos, esses são os valores dos sales tax, os impostos sobre compras:

  • Nova York (cidade): 8,875% (inclui uma taxa estadual de 4% e uma taxa municipal de 4,875%)
  • Los Angeles, Califórnia: 9.5% (inclui uma taxa estadual de 7.25% e uma taxa local de 2.25%)
  • Orlando, Flórida: 6.5% (inclui uma taxa estadual de 6% e uma taxa local de 0.5%)
  • Miami, Flórida: 7% (inclui uma taxa estadual de 6% e uma taxa local de 1%)
  • Las Vegas, Nevada: 8.38% (inclui uma taxa estadual de 6.85% e uma taxa local de 1.53%)
  • San Francisco, Califórnia: 8.5% (inclui uma taxa estadual de 7.25% e uma taxa local de 1.25%)
  • Boston, Massachusetts: 6.25%
  • Washington, D.C.: 6.0%
  • New Jersey (cidade): 6.625%

Você pode conferir o valor das taxas de cada estado nessa página.

Muitos brasileiros fazem roteiros que incluem Miami, Orlando e Nova York. Nesse caso, para quem deseja fazer compras, é melhor aproveitar as cidades da Flórida, que possuem um imposto quase 2% menor que em Nova York. Para um MacBook de US$999, por exemplo, o imposto passaria de US$89 em NY para US$64 em Orlando, uma diferença de US$25 que podem ser usados em uma capinha e película para tela e lentes.

Quem for fazer uma roadtrip pela Califórnia passando por Las Vegas, vai economizar fazendo as compras na cidade do pecado. Aqui no blog tem um roteiro completíssimo de viagem de carro pela costa da Califórnia, passando por Las Vegas.

Como calcular o valor dos impostos de compras nos Estados Unidos?

Dificilmente os produtos que você for comprar irão ter preços cheios e fáceis de fazer contas, como US$100. Além disso, a porcentagem de impostos pagos também não são números inteiros, o que deixa a conta ainda mais complexa para fazer de cabeça.

Sendo assim, o mais fácil para calcular os impostos é usar a calculadora do celular. O que você vai precisar para fazer a conta:

  • O valor do produto a ser adquirido
  • O valor do imposto na cidade em que você está fazendo a compra

Abra sua calculadora e faça a seguinte conta:

Valor do imposto = Valor do produto * 0,0XX com XX sendo o valor do imposto. 

Um exemplo, vamos supor que você quer comprar um Macbook Air que custa US$999, e você está em Orlando, onde o valor da taxa é de 6,5%. Nesse caso, a conta a ser feita é:

Valor do imposto = 999 * 0,065

Que totaliza US$64 dólares. Esse é o valor que você pagará a mais no caixa, referente aos impostos.

Se quiser calcular direto o valor total da compra, a conta é a seguinte:

Valor total da compra = Valor do Produto * 1,0XX, com XX sendo o valor do imposto. 

Usando o mesmo exemplo, da compra do Macbook Air em Orlando, a conta seria:

Valor total da compra = 999 * 1,065.

Que totaliza US$1063.

Salve esses dois cálculos e confira o valor do sales tax (imposto da compra) no destino da sua viagem. Dessa forma, sua lista de compras detalhada, com valor de cada produto, já refletirá o preço a ser pago no caixa, e você não terá mais surpresas.

Preciso pagar os impostos? Existe sistema de tax-free nos Estados Unidos?

Os Estados Unidos não possuem um sistema de tax-free para turistas, igual acontece nos países da União Europeia.

Isso quer dizer que sim, mesmo não morando nos EUA, você precisa pagar os impostos pelas suas compras e não recebe reembolso por esses valores.

A única forma de fugir desses impostos é comprando em lugares como lojas duty-free dentro dos aeroportos. Porém, essas lojas têm valores bem altos, e é possível encontrar inúmeras promoções dentro dos Estados Unidos que fazem com que os produtos fiquem mais baratos mesmo com os valores dos impostos acrescentados.

Eu só deixo para passar no duty-free no final da viagem, caso eu não tenha encontrado algum produto da minha lista de compras. No geral, não costuma valer muito a pena e a seleção é limitada. 

Se você gosta de perfumes, porém, sugiro conferir o valor no duty-free na viagem de ida, comparar com os preços praticados em lojas seguras como Sephora e Ulta Beauty, e tomar sua decisão. Se o valor for o mesmo, vale a pena comprar no duty-free, já que lá você não terá o acréscimo do imposto.

Aqui no blog tem um post completo sobre os melhores perfumes para comprar nos Estados Unidos.

Ainda vale a pena fazer compras nos Estados Unidos mesmo adicionando os impostos?

Na maior parte das vezes, sim!

Como os impostos no Brasil são muito altos, e com a alta conversão do dólar, mesmo adicionando 8% ou 9% a mais sobre o valor da sua compra, ela ainda costuma compensar em relação ao preço praticado em território nacional.

Usando o exemplo do Macbook Air de US$999, mesmo se você comprá-lo em Los Angeles, onde o imposto é de 9.5%, você ainda pagaria US$1093, o que na conversão atual seria em torno de R$5485. O mesmo computador, no Brasil, custa na loja oficial R$10.999, o dobro do preço.

É lógico que o ideal é você fazer uma pesquisa entre os sites americanos, os sites brasileiros, e fazer as contas levando em consideração o valor do dólar e do imposto. Existem algumas situações em que o preço não compensa nos EUA, mas são raras.

Lembrando que aqui no blog tem um post completo com tudo que vale a pena comprar nos Estados Unidos, com dicas de eletrônicos, produtos para casa, beleza, maquiagem, suplementos, roupas e muito mais.

Conclusão

Agora você já sabe como funcionam os impostos de compras nos Estados Unidos! É um pouco diferente do Brasil, mas é só saber o valor da sales tax no destino que você for visitar, ter a calculadora do celular em mãos e tá resolvido!

E o melhor é que, na maioria das vezes, mesmo com esse imposto adicionado, você ainda economiza muito em relação aos preços no Brasil.

Já sabia como funcionava esse imposto de compras? Já se surpreendeu na hora de pagar uma comprinha na sua viagem? Me conta aqui nos comentários!



Fonte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *